Ferrugem-da-roseira (Phragmidium mucronatum)

Sintomas aparecem em folhas, inicialmente na forma de lesões cloróticas, evoluindo para pústulas, que exibem uredósporos de coloração avermelhada ou alaranjada, podendo chegar a 5 cm de comprimento. Podem ser observados em ambas faces das folhas, na hastes e nos cálices florais. Ocorre com maior frequência durante período de baixa temperatura. Os uredósporos podem ser disseminados pelo vento ou por meio de água de irrigação.

Produtos Syngenta
para combater este alvo

Culturas Atingidas
por este alvo